28 de jan de 2011

Cães famosos - Parte 4 - Hachiko

A história de hoje vem de longe, mais precisamente do Japão.

Hachiko foi um cão da raça akita que viveu entre 10 de novembro de 1923 e 8 de março de 1935.

Ele nasceu na cidade de Otade mas foi levado para Tokyo por seu dono Hidesamurō Ueno, um professor universitário. Todos os dias, hachiko se despidia de seu dono Hidesamurō Ueno pela manhã e o aguardava no final do dia na estação de trem Shibuya quando o professor voltava para casa do trabalho. Em 1925 Hidesamurō Ueno morreu no trabalho devido a um problema cardíaco, mas Hachiko continuou esperar o dono voltar do trabalho todos os dias na estação de trem.

Ele voltou diariamente a estação até a sua morte por filariose em 1935. A lealdade de hachiko à memória de seu dono ficou famosa no Japão quando um dos alunos de Hidesamurō Ueno soube do comportamento de Hachiko e começou a publicar diversos artigos em jornais sobre o assunto. Hachiko 2Hachiko virou um exemplo nacional, pais levavam suas crianças a estação detrempara vê-lo e o usavam como exemplo para ensinar valores de família e respeito pela memória dos mortos, e, inspirados na popularidade de Hachiko, criadores começaram a tentar recuperar os cães da raça akita que estavam se tornando raros no Japão devido amisturas com outros cães ( um senso realizado na época identificou apenas 30 exemplares puros para serem utilizados na recuperação da raça, Hachiko era um deles ).

Em Abril de 1934, um ano antes da morte de Hachiko, uma estátua de bronze foi erguida em sua homenagem na estação de trem Shibuya, onde pode ser visto até hoje.

A história de Hachiko chegou ao cinema em 2009 através do filme "Hachiko: A Dog's Story" (no Brasil intitulado "Sempre ao Seu Lado"). Estrelado por Richard Gere, o filme é um remake do original japonês, de 1987, "Hachiko monogatari".

Um comentário:

Carlos Augusto [Floyd] disse...

Não é "despidia" e sim "despedia".

Related Posts with Thumbnails