17 de set de 2009

Frases antológicas: Bertolt Brecht

Eugen Berthold Friedrich Brecht foi um destacado dramaturgo, poeta e encenador alemão do século XX. Seus trabalhos artísticos e teóricos influenciaram profundamente o teatro contemporâneo, tornando-o mundialmente conhecido a partir das apresentações de sua companhia o Berliner Ensemble realizadas em Paris durante os anos 1954 e 1955.

Ao final dos anos 1920 Brecht torna-se marxista, vivendo o intenso período das mobilizações da República de Weimar, desenvolvendo o seu teatro épico. Seu trabalho como artista concentrou-se na crítica artística ao desenvolvimento das relações humanas no sistema capitalista.

Algumas de suas principais obras são: "Um Homem É um Homem", em que cresce a idéia do homem como um ser transformável, "Mãe Coragem e Seus Filhos", sobre a Guerra dos Trinta Anos, escrita no exílio, no começo da Segunda Guerra Mundial, e "A Vida de Galileu".

Frases:

"Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas às margens que o comprimem"

"Um homem tem sempre medo de uma mulher que o ame muito"

"Primeiro vem o estômago, depois a moral"

"Perante um obstáculo, a linha mais curta entre dois pontos pode ser a curva"

"De todas as coisas seguras, a mais segura é a dúvida"

"Para quem tem uma boa posição social, falar de comida é coisa baixa. É compreensível: eles já comeram"

"Temam menos a morte e mais a vida insuficiente"

"A vida é curta e o dinheiro também"

"O que não sabe é um ignorante, mas o que sabe e não diz nada é um criminoso"

"Apenas quando somos instruídos pela realidade é que podemos mudá-la"

"O amor é a arte de criar algo com a ajuda da capacidade do outro"

"Miserável país aquele que não tem heróis. Miserável país aquele que precisa de heróis"

"Todos correm atrás da felicidade, mas a felicidade está a correr atrás de todos"

"Não há problema em hesitar se depois prosseguir"

"Muitos juízes são absolutamente incorruptíveis; ninguém consegue induzi-los a fazer justiça"

"A guerra encontra sempre um caminho"

"Que é roubar um banco em comparação com fundar um banco?"

"As convicções são esperanças"

"Não se tira nada de nada, o novo vem do antigo, mas nem por isso é menos novo"

"Um homem deve ter pelo menos dois vícios. Um só é demasiado"

"Terrível é a tentação de querer ser Deus"

"A ambição da ciência não é abrir a porta do saber infinito, mas pôr um limite ao erro infinito"

"Pergunte sempre a cada ideia: a quem serves?"

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails