3 de fev de 2011

Frases antológicas: Chico Buarque

Francisco Buarque de Hollanda, mais conhecido como Chico Buarque, é um músico, dramaturgo e escritor brasileiro.

Filho do historiador Sérgio Buarque de Holanda, iniciou sua carreira na década de 1960, destacando-se em 1966, quando venceu, com a canção A Banda, o Festival de Música Popular Brasileira. Socialista declarado, se auto-exilou na Itália em 1969, devido à crescente repressão da ditadura militar no Brasil, tornando-se, ao retornar, um dos artistas mais ativos na crítica política e na luta pela democratização do Brasil.


Frases:

"Sonhos não morrem, apenas adormecem na alma da gente."

"Valoriza os amigos. Respeita os adversários."

"Fico triste quando alguém me ofende, mas, com certeza, eu ficaria mais triste se fosse eu o ofensor... Magoar alguém é terrível!"

"Que saudade é o pior tormento, é pior do que o esquecimento, é pior do que se entrevar..."

"Não há problema que não possa ser solucionado pela paciência."

"Mesmo em sonho estive atento para poder lembrar-te sempre"

"Lembra-te sempre: Cada dia nasce de novo amanhecer"

"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta."

"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim."

"...e se vai continuar enrustido com essa cara de marido, a moça é capaz de se aborrecer... Por trás de um homem triste há sempre uma mulher feliz..."

"...vê passarela, como dança balança a pança e recua, a gente sua... a roupa suja da cuja se lava no meio da rua..."

"O tempo não permite começar de novo, na procura das nossas afinidades autênticas..."

"Ambiente limpo não é o que mais se limpa e sim o que menos se suja."

"Você domina as palavras não ditas, porém está subordinado aquelas que pronunciou!"

"Que saudade é o pior tormento, é pior do que o esquecimento, é pior do que se entrevar..."

"Olhos nos olhos, quero ver o que você faz. Ao sentir que sem você eu passo bem demais"

"Ouça um bom conselho que eu lhe dou de graça. Inútil dormir que a dor não passa."

“Também acho uma delícia quando você esquece os olhos em cima dos meus.”

"Quem me vê sempre parado, distante. Garante que eu não sei sambar. Tou me guardando pra quando o carnaval chegar"

"Quero inventar o meu próprio pecado. Quero morrer do meu próprio veneno."

"Por favor. Deixe em paz meu coração. Que ele é um pote até aqui de mágoa. E qualquer desatenção, faça não. Pode ser a gota dágua"

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails