1 de out de 2010

Eleições presidenciais

Não, esse post não vai falar do atual embate político entre Dilma, Serra, Marina, Plínio e outros. Vai falar de outra eleição presidencial, ocorrida há 21 anos.

Sim, a primeira eleição presidencial direta, pós ditadura. Aquela em que Collor (PRN) saiu vencedor. O restante da história todos sabem. Mas vocês se lembram quem concorreu com Collor?

Lula (PT), segundo colocado na eleição, é facilmente lembrado por motivos óbvios. Mas e o terceiro colocado? E o quarto? E o vigésimo segundo? Sim, naquele distante 1989, 22 candidatos tentaram se eleger Presidente da República.

Leonel Brizola (PDT) foi o terceiro colocado, deixando de ir para o segundo turno por menos de 1% dos votos. Mário Covas (PSDB) foi o quarto, seguido de Paulo Maluf (PDS), Afif Domingos (PL), Ulysses Guimarães (PMDB), Roberto Freire (PCB), Aureliano Chaves (PFL) e Ronaldo Caiado (PSD). Todos nomes conhecidos de nossa política

Ainda apareciam na lista Enéas Carneiro (PRONA), Fernando Gabeira (PV) e Celso Brant (PMN). Entretanto, entre eles e os primeiros colocados temos candidatos que poucos eleitores se lembram: Affonso Camargo Neto (PTB), Marronzinho (PSP), Paulo Gontijo (PP), Zamir José Teixeira (PCN), Lívia Maria de Abreu (PN), Eudes Oliveira Mattar (PLP), Antônio dos Santos Pedreira (PPB) e Manoel de Oliveira Horta (PDCdoB).

Armando Corrêa da Silva (PMB), último colocado com apenas 4.363 votos, protagonizou um caso curioso, mesmo que de forma indireta. É que Silvio Santos, sim ele, o homem do baú, queria ocupar a vaga de Corrêa na disputa presidencial. Chegou inclusive a gravar programas onde ensinava seus eleitores a votar. Explico. Como não haveria tempo hábil pra troca do nome de Corrêa pelo de Silvio Santos na cédula, seus eleitores deveriam marcar o x no nome de Corrêa para que o voto fosse para Silvio Santos. Entretanto o esforço foi insuficiente pois o TSE impugnou sua candidatura. Ou seja, desses 4.363 votos de Corrêa, alguns podiam ser para Silvio Santos, mesmo que por engano...

Para os que ficaram curiosos, segue a propaganda de Silvio Santos, número 26!

4 comentários:

Alberto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alberto disse...

Lembro sim dessas eleições. Não de todos os candidatos, porque eram muitos.
Se não me engano o argumento para a impugnação da candidatura do Silvio Santos foi o de que donos de veículos de mídia não poderiam se candidatar. Estou certo?

Daniel disse...

Alberto, o Silvio Santos teve sua candidatura impugnada por abuso de poder econômico e/ou abuso do exercício da função. Como ele entrou na disputa faltando 1 mês pra eleição, não cumpriu o prazo de 3 meses de afastamento de suas atividades. Na verdade o que ocorreu foi desespero dos opositores. Partiu deles mais de uma dezena da pedidos de impugnação. Por quê? Logo em sua primeira inclusão nas pesquisas presidenciais Silvio Santos alcançou mais de 30% de intenção de votos, passando Brizola, Lula e Collor, liderando de cara as pesquisas...

William JS disse...

Aos amigos do Peramblogando, o Armando Corrêa morreu em 14.5.2010, aos 84 anos. Ele tinha uma filha filiada ao PTB. Li no site do partido.
Link: http://www.ptb.org.br/?page=ConteudoPage&cod=19142

Related Posts with Thumbnails