25 de fev de 2010

Frases antológicas - Thomas Mann

Thomas Mann foi um romancista alemão. É considerado por alguns como um dos maiores romancistas do século XX, tendo recebido o Nobel de Literatura de 1929. Entre suas obras destacam-se: "Sua Alteza Real", "Morte em Veneza", "A Montanha Mágica", "José e seus Irmãos", "As Cabeças Trocadas" e "Doutor Fausto".

Frases:

“Aquilo a que chamamos felicidade consiste na harmonia e na serenidade, na consciência de uma finalidade, numa orientação positiva, convencida e decidida do espírito, ou seja na paz da alma”

“Trago em mim o germe, o início, a possibilidade para todas as capacidades e confirmações do mundo”

“Certamente é bom que o mundo conheça apenas a obra bela e não as suas origens nem as condições em que foi gerada; pois o conhecimento das fontes de onde provém a inspiração para o artista causaria frequentemente perturbação e espanto, neutralizando assim os efeitos da excelência”

“A glória em vida é algo problemático: é aconselhável não se deixar deslumbrar por ela, muito menos estimular”

“A felicidade do escritor é o pensamento que consegue transformar-se completamente em sentimento, é o sentimento que consegue transformar-se completamente em pensamento”

“O escritor é um homem que mais do que qualquer outro tem dificuldade para escrever”

“A solidão mostra o original, a beleza ousada e surpreendente, a poesia. Mas a solidão também mostra o avesso, o desproporcionado, o absurdo e o ilícito”

“Para o desesperado, a partida não parece menos impossível do que o retorno”

“O tempo tudo clarifica e não há estado de espírito que se mantenha inalterado com o passar das horas”

“Uma das situações da vida mais cheia de esperanças é aquela em que estamos tão mal que já não poderíamos estar pior”

“A guerra é a saída covarde para os problemas da paz”

“Com o tempo, é melhor uma verdade dolorosa do que uma mentira útil”

“Só o amor, e não a razão, é mais forte do que a morte”

“A palavra, por mais contraditória que seja, preserva o contato: o silêncio isola-o “

“A mudança de costumes é o único meio de que dispomos para nos mantermos vivos e rejuvenescermos. É esse o objetivo da mudança de ares e do lugar da viagem de recreio.”

“Os animais não se admiram entre si. Um cavalo não admira o seu companheiro”

“O interesse pela doença e pela morte é apenas outra expressão do interesse pela vida”

“A beleza, como a dor, faz sofrer”

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails