29 de dez de 2009

Parkour

Certa vez, estava eu no casarão da UFBA (Universidade Federal da Bahia) quando do nada surgiram três jovens que começaram a escalar muros e realizar saltos, de um lado para o outro, equilibrando-se em pequenos espaços. Presenciava a prática do chamado parkour.

Filho legítimo do chamado méthode naturelle (Método Natural de Educação Física) desenvolvido por Georges Hébert no séc. XX, o parkour foi desenvolvido por soldados franceses no Vietnã que, inspirados pelo trabalho de Georges Hébert, criaram o treinamento militar: parcours du combattant.

David Belle, considerado um dos criadores do parkour, foi iniciado no treinamento militar e méthode naturelle por seu pai, Raymond Belle, um bombeiro Francês que praticava as duas disciplinas. David Belle continuou a praticar outras atividades como artes marciais e ginástica, buscando aplicar suas habilidades adquiridas de forma prática na vida.

Depois de se mudar para Lisses, David Belle se juntou a Sébastien Foucan e realizaram o documentário "Jump London", aplicavam técnicas de parkour pelas ruas da capital inglesa.

No final da década de 1990, David Belle e Sébastien Foucan, se separaram por divergências quanto aos princípios do parkour. Para Belle, parkour seria uma atividade cujo princípio é mover-se de um ponto a outro o mais rápida e eficientemente possível, usando principalmente as habilidades do corpo humano. Criado para ajudar a superar obstáculos de qualquer natureza no ambiente circundante e pode ser praticado em áreas rurais e urbanas.

Já para Foucan o parkour deveria incorporra movimentos dinâmicos de acrobacias diversas, como movimentos de ginástica artística, "Tricking" e "Street Stunts", criando um rápido e estético modo de deslocamento. Após a separação, Foucan efetivou sua "versão" de parkour no chamado free running.

Conheça agora alguns dos movimentos utilizados pelos traceur e traceuses, homens e mulheres praticantes do parkour.

WALL RUN
Utilidade - Escalar paredes

A saída para escalar muros altos é tomar impulso e se jogar na parede com velocidade. Assim, dá para apoiar o pé bem alto e dar mais um passo na vertical antes de agarrar o topo. Como nos demais movimentos, um bom tênis, com sola antiderrapante, evita escorregadas e tombos feios

TURN VAULT
Utilidade - Saltar e manter-se agarrado ao obstáculo

Quando não dá para ficar em pé no topo do obstáculo, nem adivinhar o que há do outro lado, o mais seguro é se agarrar com uma mão virada para a frente e outra para trás. Num salto, o corpo gira e o traceur continua pendurado, na mesma posição, do outro lado

MONKEY VAULT
Utilidade - Pular obstáculos suavemente

Parece um pula-sela, mas com as pernas passando por entre os braços e não por fora. O salto é feito de frente, com as mãos apoiadas no obstáculo. As pernas, por sua vez, ficam encolhidas para que a ponta dos pés não esbarre, causando um tombo daqueles...

CAT LEAP
Utilidade - Escalar muros altos direto depois de um salto

Quando não dá para pular o obstáculo num salto só, esse movimento dá uma força. O praticante, porém, tem que ter agilidade para apoiar os pés na parede e, em seguida, alcançar o topo com as mãos, se agarrando no obstáculo antes de cair

SALTO DE PRECISÃO
Utilidade - Pousar em um espaço restrito

Se ficar equilibrado em cima de um muro ou de um corrimão já não é mole, imagine então chegando de um pulo. Para evitar um tombaço, o cálculo do salto tem que ser preciso, e os braços são fundamentais para balancear o corpo e evitar qualquer deslize

TIC TAC
Utilidade - Mudar de direção com rapidez

É o drible do parkour. O traceur apoia o pé na parede para ganhar impulso e sair ligeiro em uma direção diferente da que estava seguindo. A firula também vale para árvores, postes e qualquer apoio vertical, mas apoiar o pé muito alto diminui o impulso

ROLAMENTO
Utilidade - Amortecer quedas

Basicão, usado no fim de grandes saltos para minimizar o impacto na queda. Para o corpo rolar macio, é preciso pousar o braço em um ângulo perfeito. Se um dos ombros ficar inclinado demais para dentro ao tocar o chão, a contusão é certa.


IMPORTANTE - Não saia por aí pulando muros, grades e escadas. Parkour exige treinamento e preparação especifícos. Para mais informações e vídeos impressionantes, entre no site Parkour Brazil Team.


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails