31 de dez de 2009

Frases antológicas: Jô Soares

José Eugênio Soares, ou simplesmente Jô Soares, é um humorista, apresentador de televisão, escritor, artista plástico, diretor teatral e ator brasileiro.

Frases:

"Em uma coisa os bêbados e os geógrafos têm razão: a Terra gira".

"Não há amizade, que por mais profunda que seja, que resista a uma série de canalhices."

"Tem gente que gosta de opinar sobre tudo. Do cocô à bomba atômica".

"O sujeito era tão mau caráter que até sozinho ele estava mal acompanhado."

"Se a senhora acha gordura engraçado, compre 1 quilo de toucinho. A senhora vai rir o ano inteiro."

"Se existe tanta crise é porque deve ser um bom negócio."

"A comissão faz o ladrão."

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

"Gordo, quando está fazendo dieta, sempre faz a barba antes de se pesar."

"Morava tão longe, que o carteiro mandava suas cartas pelo correio."

"Junta médica é uma reunião que os médicos fazem nos últimos momentos de nossa vida para dividir a culpa."

"Houve uma guerra que durou 100 anos. É dose. Os soldados morreram todos de arteriosclerose."

"A prova de que a natureza é sábia é que ela nem sabia que iríamos usar óculos e notem como colocou nossas orelhas."

"No Brasil, quando o feriado é religioso, até ateu comemora."

"Se todo mundo que eu vi que disse estar no Maracanã naquele jogo com o Uruguai em 1950, estivesse lá mesmo, o público teria sido de mais de 1 milhão de pessoas."

"Nunca xingues numa língua que não conheces, pois o insulto pode ser contra ti."

"O ar quando não é poluído, é condicionado."

"O filme sempre começa na hora certa, principalmente quando você chega atrasado."

"Se o Comunismo acabar, quem é que vai levar a culpa?"


Um comentário:

Anônimo disse...

Ele é chato mas é legal!

Related Posts with Thumbnails