24 de dez de 2009

Frases antológicas: Fernando Sabino

Fernando Tavares Sabino foi um escritor e jornalista brasileiro, autor de obras como "O encontro marcado", "O homem nu", "O grande mentecapto" e "No fim dá certo"

Frases:

"Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um."

"Infidelidade é como apanhar o seu sócio roubando dinheiro do caixa."

"Não confio em produto local. Sempre que viajo levo meu uísque e minha mulher."

"Os homens se dividem em duas espécies: os que têm medo de viajar de avião e os que fingem que não têm."

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."

"De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que ele estava sempre começando, a certeza de que era preciso continuar e a certeza de que seria interrompido antes de terminar. Fazer da interrupção um caminho novo. Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sono uma ponte, da procura um encontro."

“Para os pobres, é dura lex, sed lex. A lei é dura, mas é a lei. Para os ricos, é dura lex, sed latex. A lei é dura, mas estica”

"No fim tudo dá certo, e se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim."

"O menino é o pai do homem"

"Façamos da interrupção um caminho novo.Da queda um passo de dança,do medo uma escada, do sonho uma ponte, da procura um encontro!"

"Aqui jaz Fernando Sabino, que nasceu homem e morreu menino."

"Y - Letra que devia ser abolida, como fizeram com o K e o W (ou não fizeram?) e escrever logo tudo com i."

"Liberdade é o espaço que a felicidade precisa..."

"Matar não é tão grave como impedir que alguém nasça, tirar a sua única oportunidade de ser. O aborto é o mais horrendo e abjeto dos crimes. Nada mais terrível do que não ter nascido!"

"Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor"

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails