28 de nov de 2009

For Those About to Rock We Salute You!


Ontem a noite foi realizado no estádio do Morumbi em São Paulo o show da banda AC/DC, parte da turnê Black Ice, em única apresentação no país.

Após enfrentar 2 horas em trânsito lento, típico de São Paulo, me juntei a outras quase 65 mil pessoas para acompanhar esse show que se fosse pra ser resumido em uma palavra esta seria perfeito.

Uma cena me chamou a atenção pouco antes do show. Angus Young, o guitarrista, subiu ao palco e deu uma espiada no público. Fotografou a galera e saiu com cara de quem iria aprontar muito naquela noite. E realmente aprontou.


Tudo começou com o estádio ficando as escuras enquanto um telão exibia uma animação da banda a bordo de um trem. Ao final da animação ocorrem várias explosões no palco, o telão se abre e surge uma locomotiva de 6 toneladas. A banda aparece já tocando a primeira da noite: "Rock and Roll Train".

O show seguiu com "Hell Ain't a Bad Place to Be" e logo em seguida a clássica "Back in Black". O público ainda se recuperava quando veio a sequência com "Big Jack", "Dirty Deeds Done Dirt Cheap", "Shot Down in Flames", "Thunderstruck" e "Black Ice".

Então a apresentação mudou de ritmo para se adequar ao blues "The Jack", que terminou com o semi-striptease de Angus.

Em seguida as atenções foram voltadas para Brian Johnson que percorreu toda a passarela que o levava até o meio do público. Poucos perceberam mas neste mesmo momento surgia no palco um enorme sino. Era chegada a hora de "Hells Bells". Johnson então correu e se dependurou na corda do sino, que baladou o suficiente para ecoar em todo o estádio.

O show prosseguiu com "Shoot to Thrill", "War Machine" e "Dog Eat Dog". Daí pra frente o que se viu foi o encaminhamento para o final do show em grande estilo.

"You Shook Me All Night Long" e "T.N.T." preapararam terreno para "Whole Lotta Rosie". Neste momento surge uma enorme boneca inflável sentada sobre a locomotiva localizada no palco. Detalhe, a boneca se movimentava no embalo da música. Na sequência os acordes de "Let There Be Rock" anunciam que o show chegava ao fim.

A banda saiu do palco após uma longa jam session de Angus que regeu o público através de sua guitarra. Tudo escuro novamente... Ninguém deixou seu lugar... Sabiam que ainda haveria mais, e houve. Um bis em grande estilo. Primeiro "Highway to Hell", com direito a Angus com chifrinhos, e em seguida "For Those About to Rock", acompanhada por disparos de 6 canhões que se dispuseram por todo o palco.

A banda agradece novamente deixando todos com a sensação de que fora tudo muito rápido. Bom sinal. Uma queima de fogos coloriu a noite no Morumbi. Era hora de voltar pra casa.

Ah, quem abriu o show foi o Nasi. Tocou Clash, Stooges, Raul Seixas, Plebe Rude... Se esforçou mas não surtiu muito efeito. Dispensável.





3 comentários:

Octávio disse...

O melhor show da minha vida!!!!!

Gudim disse...

Drogaaaaaaaaaaaaaa!!!!
=(
Que odio de mim mesmo.

A Trilha Sonora disse...

Como eles vem com essa estrutura e só tocam em São Paulo?!

Related Posts with Thumbnails