22 de ago de 2009

A potência do Kuduro

Angola apresenta ao mundo um poderoso ritmo musical: o Kuduro. A origem do nome (que inicialmente pode soar estranho) é um pouco controversa, pois alguns dizem que a palavra veio do idioma Kimbundu e significa "localização". Já outros afirmam que a influência vem da língua portuguesa através da expressão "cu duro".

O movimento surgiu nos subúrbios de Malange durante a década de 90 e a inspiração que originou o Kuduro também não é muito certa. Parece que o "estilo de dança do Kuduro foi inspirado por um personagem improvável: o ator de cinema belga Jean-Claude Van Damme". O intuito de fazer graça com a maneira de Van Damme dançar originou a coreografia do Kuduro.

Já a musicalidade é resultado da mistura de ritmos tradicionais de Angola como o semba e a kizomba. O Kuduro tem uma batida muito vigorosa. Não é fácil encontrar um adjetivo que defina em uma só palavra o caráter acelerado, contagiante e dançante transmitido pelo Kuduro. Eu já tive a oportunidade de assistir uma apresentação e posso dizer que os dançarinos impressionam pela energia que transmitem através das coreografias.

O Kuduro está ganhando terrenos dentro da cena musical européia especialmente por conta da banda portuguesa Buraka Som Sistema. Para ter uma pitada do poder do Kuduro assista "Sound of Kuduro":




Aqui no Brasil já acontece a inserção da algumas bandas na produção desse ritmo, porém ainda não com a notoriedade já adquirida na Europa. Resta esperar pra ver se o Kuduro atravessa o oceano e emplaca os sucessos na mesma proporção que no velho continente.

Energia de sobra os caras já têm!

Do site pt.globalvoicesonline.org


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails