15 de jun de 2009

Vamos dar a volta no guethooooo!

Em Salvador existe um bairro, o Candeal Pequeno, que serve de exemplo para todas as comunidades do país. A pobreza local e a falta de infra-estrutura adequada foram parcialmente revertidas através de um projeto de profissionalização juvenil. O dono da idéia é um cidadão soteropolitano que cresceu no Candeal e provou das dificuldades do bairro: o músico Carlinhos Brown. Dentre suas iniciativas mais bem sucedidas encontra-se a banda Timbalada.

Em 1991 Brown realizou um processo seletivo para selecionar jovens músicos para seu empreendimento. Foram escolhidas 400 pessoas, essa era a Timbalada no início, com aulas ministradas ao ar livre pelas ruas do Candeal. Com o sucesso do repertório o público cresceu e em 1994 a banda decidiu transferir seus ensaios para outra localidade, o bairro Rio Vermelho. Mas foi no final do ano de 1996 que a Timbalada inaugurou o Candyall Guetho Square, uma casa no Candeal Pequeno em que eram realizados os ensaios da banda e que atraía milhares de pessoas. Ali foi criado o bordão: vamos dar a volta no guethooo!Para quem não tem a mínima idéia do que estou falando: o palco é localizado no centro do pátio e o público fica espalhado ao redor aguardando o comando do vocalista para dar a volta no palco. Isso é a volta no guetho, a original. Depois outros artistas inventaram a volta no trio, volta na caixa de som, volta no toldo... A idéia virou um sucesso e uma marca registrada da Timbalada, por isso até hoje acontece em todos os shows da banda.

O vídeo traz uma idéia:


Atualmente os ensaios da Timbalada acontecem no Museu du Ritmo, outro empreendimento de Carlinhos Brown na cidade de Salvador, que abriga manifestações artísticas e desenvolve um projeto de inclusão digital junto à comunidade do Pilar. Quanto ao Candyall Guetho Square, hoje em dia o local é um dos estúdios de Brown.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails