17 de jun de 2009

Excentricidades gastronômicas

Um prato bem feito, com ingredientes de qualidade e paladar honesto não sai barato. Nem para quem produz tampouco para quem consome. Mas tem gente que exagera. Pagar milhares de dólares em uma sobremesa? Qual o propósito?

O site da Forbes Traveler listou as sobremesas mais caras do mundo, um doce que no final das contas pode ter o gosto amargo para quem arca com a despesa.

Os morangos da foto acima são servidos no restaurante Arnauds em New Orleans. Para pedir o prato é preciso ter 1.4 milhões de dólares guardados no banco. Isso tudo por causa do anel de diamante rosa com 4 quilates que vem adornando a sobremesa. E se você quer mais glamour saiba que será agraciado com um drink feito com um licor de 24.850 dólares (cortesia do chef) e será servido por garçons devidamente vestidos ao som de uma banda de jazz.


O segundo lugar vai para a Cassata, uma espécie de bolo feito com chocolate, leite condensado e biscoito que custa 14.500,00 dólares. A sobremesa é servida em um resort do Sri Lanka e o diferencial fica por conta da gema Água Marinha de 8 quilates servida junto à refeição. O prato foi criado há menos de um ano e, apesar de ter despertado muita curiosidade, ainda não foi comercializado nenhuma vez.

Os pequeninos macarons servidos na Pierre Hermé Patisserie, em Paris, ocupam o terceiro lugar e não saem por menos de 7.414,00 dólares. O macaron é uma espécie de biscoito de merengue com recheio cremoso. Mas aqui eles não vêm com nenhuma jóia, parece que a sábia combinação de ingredientes e a possibilidade de fazer um macaron personalizado de acordo com o gosto do cliente, fez o doce adquirir o preço astronômico.

Eu ainda prefiro o pudim da minha avó.

Um comentário:

Alex disse...

"Garçon, os morangos estavam ótimos, mas o diamante estava um pouco duro..."

Related Posts with Thumbnails